Vocalista do Capital Inicial diz que fãs impediram sua morte

SÃO PAULO ¿ O vocalista da Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, publicou hoje uma carta aberta aos fãs no site da banda, agradecendo o carinho que tem recebido e informando o próprio estado de saúde. Ele conta que caiu de um palco de três metros de altura no sábado, em Pato de Minas (MG).

Agência Estado |

Segundo a carta, Dinho só não morreu "porque fui amparado pelos fãs", disse ele.

"Gostaria de dizer que todo dia me sinto um pouco melhor, no entanto, estou na UTI e continuarei aqui até sábado em observação. O que aconteceu foi grave, mas tenho plena consciência de que poderia ter sido muito pior."

O cantor informa que quebrou três costelas, trincou seis vértebras, levou cinco pontos no queixo e machucou os rins, a cabeça e os dentes. "Tenho dificuldade de me concentrar, de abrir os olhos - a luz me incomoda. Portanto, não posso receber visitas de todos que comparecem ao hospital."

No fim do texto ele reitera o agradecimento à solidariedade e às mensagens que tem recebido "dos quatro cantos do País", e afirma que não para de lembrar qual o propósito da sua vida: os fãs da Capital Inicial.

    Leia tudo sobre: capital inicial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG