BRASÍLIA - Foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União (DOU) a portaria do Ministério da Justiça que declara anistiada política a viúva do ex-presidente João Goulart, Maria Thereza Fontella Goulart.

Maria Thereza foi primeira-dama no período de 1961 a 1964, e tinha apenas 21 anos de idade na época da posse.

Com a anistia, ela tem direito a uma indenização única de 480 salários mínimos, respeitado o teto de R$ 100 mil. A declaração de anistia política a João Goulart foi publicada no Diário Oficial no início deste mês.

Leia mais sobre: João Goulart

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.