Viúva de Dorival Caymmi morre 11 dias depois do marido, no Rio

RIO DE JANEIRO - Stella Maris, viúva do cantor e compositor Dorival Caymmi, morreu no início da tarde desta terça-feira, no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, zona Sul do Rio. Ela estava internada no hospital desde o dia 29 de abril e morreu 11 dias depois de seu marido, falecido no dia 16 de agosto.

Redação com Agência Brasil |

Dorival Caymmi e Stella Maris se conheceram nos estúdios da Rádio Nacional. Segundo seus filhos, Caymmi teria perdido a vontade de viver depois que sua esposa foi internada em abril.

O cantor e compositor baiano morreu, aos 94 anos, em seu apartamento na avenida Nossa Senhora de Copacabana. Ele sofria de insuficiência renal e, em razão da idade, já não apresentava uma condição cardíaca favorável. Caymmi permanecia em internação domiciliar desde dezembro de 2007.

Homenagem

Nesta segunda-feira, a Prefeitura do Rio instalou a placa com o nome do cantor, que batiza uma pequena rua sem saída transversal à Avenida Visconde de Albuquerque, na altura do número 1.136, no Leblon, zona Sul do Rio. A via, de apenas 38 metros e sem moradores, não tinha nome antes da homenagem.

A Secretaria Municipal de Culturas também pretende erguer uma estátua do artista baiano, em Copacabana. A prefeitura fará primeiro uma miniatura para sujeitar à aprovação da família.

Veja também:

Leia mais sobre: Dorival Caymmi

    Leia tudo sobre: dorival caymmi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG