Um empresário de 44 anos, que não teve o nome divulgado pela polícia, passou quase 24 horas no interior de um cativeiro montado numa casa localizada no bairro Americanópolis, zona sul da capital. Ele havia sido levado por bandidos na noite de quarta-feira logo após estacionar seu carro em um supermercado em São Bernardo do Campo, no Grande ABC paulista.

Os suspeitos queriam sacar dinheiro da conta da vítima mas, como já era de noite, tiveram de esperar pelo amanhecer para poder retirar uma quantidade maior.

Durante o tempo que permaneceu no cativeiro, a vítima recebeu ameaças de morte caso o bando não conseguisse efetuar o saque. Os criminosos prometeram matar também a família do empresário caso as senhas não fossem a aceitas nos caixas.

Já na noite desta quinta-feira, integrantes da quadrilha que tomavam conta do cativeiro começaram a usar drogas e bebidas alcoólicas. Em seguida, todos foram embora e apenas um dos criminosos permaneceu no local, mas acabou dormindo, no momento em que a vítima aproveitou para subir na laje da casa e saltar pelo muro.

Na rua, o diretor pediu ajuda para um motorista que passava e foi levado até um Batalhão da Polícia Militar. Os sequestradores, que seguem foragidos, ficaram com cartões de banco e de crédito da vítima, um relógio, um iPod e um computador portátil que estavam dentro do carro, que também foi levado pela quadrilha. Segundo a polícia, os criminosos sacaram R$ 1.140 das contas do empresário, que escapou ileso.

Leia mais sobre: sequestro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.