Vítima de agressão no trânsito recebe alta no Rio

O funcionário público André Luiz Reuter Lima, 45 anos, que no dia 23 de maio sofreu traumatismo craniano depois de ser agredido com uma barra de ferro na cabeça em uma briga de trânsito, recebeu alta hospitalar, na sexta-feira à noite. Ele deixou o Hospital Pasteur, no Méier, na zona norte, onde estava internado desde o dia 26 de maio, e continuará o tratamento em casa.

Agência Estado |

A agressão foi cometida pelo aposentado Itamar Campos Paiva, de 45 anos, no bairro da Tijuca, Zona Norte do Rio. André Luiz, que com os dois filhos e um amigo dos adolescentes aguardava o sinal abrir para atravessar a rua, xingou o motorista. Paiva engatou a ré do carro e tentou atropelar o grupo. Não conseguindo atingi-los, saiu do carro e golpeou Lima na cabeça com a barra de ferro que levava no veículo.

No dia 8, André Luiz foi submetido a uma cirurgia para aliviar a pressão intracraniana. Ele não apresenta seqüelas neurológicas, segundo os médicos do hospital, apenas um déficit motor do lado esquerdo que dificulta os movimentos dos membros. Por isso, precisará de acompanhamento fisioterapêutico e fonoaudiológico.

Paiva, que se apresentou à polícia quatro dias depois, ficou preso temporariamente e foi indiciado por tentativa de homicídio. Ele já tinha quatro passagens pela polícia por agressão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG