dar satisfação sobre grampos - Brasil - iG" /

Virgílio pede para Lula dar satisfação sobre grampos

O PSDB está pedindo a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Congresso para dar satisfação aos parlamentares sobre a escuta telefônica envolvendo integrantes do Judiciário e do Legislativo. A proposta foi feita na tribuna do Senado pelo líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM).

Agência Estado |

"Se essa fosse uma Casa que se desse ao respeito, o justo seria o presidente Lula vir aqui(Congresso) para dar satisfação", disse o líder tucano. "Não é nem de leve qualquer afronta ao presidente. Ele será tratado com o maior respeito por todos nós", completou, lembrando que nos Estados Unidos é praxe o presidente da República ir ao Congresso.

O senador reforçou a proposta do PSDB para que as investigações sobre o grampo, envolvendo o ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal ( STF), e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), fiquem a cargo do Ministério Público. O argumento da oposição é que a Polícia Federal (PF) e a própria Agência Brasileira de Inteligência (Abin) não teriam isenção para comandar essas investigações.

Virgílio disse que Lula, se não adotar medidas mais duras, pode deixar como saldo político de seu mandato a deterioração das instituições. "Instituições sólidas que ele encontrou na perfeita normalidade. Um homem como Lula não poderia permitir que, na sua sombra, se conspire contra a democracia", disse.

A proposta de Virgílio para que Lula compareça à sessão conjunta que a oposição está pedindo ao presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), obteve apoio do presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE). "Será uma demonstração de respeito ao Congresso e uma reafirmação de que a democracia é mais importante", concluiu.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG