Virgílio entra com representação na Procuradoria

O líder do PSDB no Senado, Artur Virgílio (AM), pediu formalmente à Procuradoria Geral da República que apure as responsabilidades pelo desvio de parte do dinheiro de patrocínio da Petrobras à Fundação José Sarney, conforme reportagem publicada ontem, no jornal O Estado de S. Paulo .

Agência Estado |

Na representação, o senador cita o nome do gestor da fundação, Raimundo Nonato Quintiliano Pereira Filho, "e outros possíveis envolvidos na apropriação de recursos públicos", e cita os crimes de peculato e formação de quadrilha, ao pedir a abertura de inquérito policial. "As explicações do presidente Sarney até agora foram incompletas e inconsistentes", afirmou Virgílio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG