O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) defendeu hoje na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Cartões Corporativos, que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, seja convocada para depor em comissões permanentes do Senado sobre a denúncia da existência de um dossiê sobre gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Muitas explicações têm que ser dadas pela ministra Dilma, argumentou.

Virgílio também levantou a possibilidade de que requerimentos examinados pela CPMI e rejeitados sob o argumento de quebra de sigilo serem colocados em votação no Plenário do Senado. O senador anunciou que o PSDB solicitará a participação de um parlamentar tucano em investigação feita pela Presidência da República sobre o vazamento do suposto dossiê.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.