Virada Cultural quer aproveitar feriado para aumentar público

SÃO PAULO - Este ano, o orçamento da Virada Cultural de São Paulo sofreu um corte de um terço, na comparação com 2008. Mas isso, segundo a Prefeitura de São Paulo, não vai prejudicar o evento. A Virada não perdeu nem em tamanho, nem em importância, afirmou o prefeito Gilberto Kassab, durante a coletiva em que a programação foi anunciada. O festival acontece nos dias 2 e 3 de maio, em vários locais da capital paulista.

Redação |

A previsão da administração municipal é que, mesmo com o orçamento cortado, o festival tenha um público ainda maior que o do ano passado, que foi de aproximadamente quatro milhões de pessoas. É que o evento acontecerá no meio de um feriado prolongado, e isso deve facilitar a vinda de turistas para São Paulo.

Caio Carvalho, presidente da São Paulo Turismo, estima que a cidade deve receber 330 mil visitantes especialmente para a Virada. "Ela já faz parte do calendário turístico de São Paulo, assim como o Carnaval e o Grande Prêmio de Fórmula 1", afirmou.

Já para o secretário municipal de Cultura, Carlos Augusto Calil, o principal ponto positivo do evento é a ocupação do centro da cidade. "Sei de vários casos de pessoas que foram ao centro pela primeira vez na Virada", contou. "Se não formos capazes de levar o público até lá, ficaremos decepcionados", completou.

A abertura ficará a cargo do britânico Jon Lord. Ex-tecladista do Deep Purple, ele vai apresentar o seu Concerto para Grupo e Orquestra com a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.

O principal palco da Virada será montado na Avenida São João. Além de Lord, lá vão acontecer shows de, entre outros, Novos Baianos e Maria Rita, responsável pela apresentação de encerramento da festa.

Assim como no ano passado, a Praça da República terá um palco dedicado somente ao rock, enquanto o samba rock e a gafieira serão a trilha do palco montado na Avenida Rio Branco.

O Teatro Municipal, recém saído de uma reforma, voltará a receber artistas recriando álbuns seus na íntegra. A programação tem nomes como Egberto Gismonti, Tom Zé, Arrigo Barnabé e Francis Hime.

Outro destaque é o palco dedicado a Raul Seixas. Montado nas proximidades da Estação da Luz, ele terá diversos artistas interpretando todos os discos no cantor, na íntegra.

Além das atrações musicais, a Virada ainda terá mostras de filmes, espetáculos de dança e variadas performances artísticas. Nesse último item, os destaques vêm diretamente da França.

Como parte do Ano da França no Brasil, uma série de companhias do país vai se apresentar na Virada. Por exemplo, a Cie Carabosse, que fará um espetáculo no Parque da Luz.

"A Virada sempre deveu muito à França, afinal foi inspirada nas Noites Brancas de Paris. "Agora, estamos ainda mais próximos com esses espetáculos", explicou o secretário Carlos Augusto Calil.

Veja abaixo a programação dos principais palcos de música:

Avenida São João
Palco para grandes shows e numerosa platéia, tem temática variada que transita do erudito ao rock, do regional ao balanço, do MPB ao pop. Um guindaste por sobre a cena será o suporte de números aéreos circenses tradicionais e contemporâneos durante todo o evento.
18h10 - Concerto Para Grupo e Orquestra (1969) - Jon Lord e Orquestra Sinfônica Municipal
21h00 - Geraldo Azevedo
00h00 - Marcelo Camelo
03h00 - Tim Maia Racional (1975) - Instituto, Bnegão, Thalma de Freitas e Dafé
06h00 - Roots Reggae (1995) - Tribo de Jah
09h00 - Cordel Do Fogo Encantado
12h00 - Zeca Baleiro
15h00 - Novos Baianos
18h00 - Maria Rita

Teatro Municipal
No Teatro Municipal, artistas seminais da música brasileira tocam na íntegra determinados álbuns passados, da primeira à última faixa. Ingressos para as apresentações podem ser retirados no local, com hora de antecedência, com limite de 1 ingresso por pessoa.
18h00 - Clara Crocodilo (1980) - Arrigo Barnabé e Banda Sabor de Veneno
21h00 - Alma (1986) - Egberto Gismonti
00h00 - Grande Liquidação (1968) - Tom Zé
03h00 - Aos Vivos (1995) - Chico César
06h00 - Violeta De Outono (1986) - Violeta de Outono
09h00 - Cama De Gato (1986) - Arthur Maia
12h00 - Água (1977) - Fafá de Belém
15h00 - Francis Hime (1973) - Francis Hime e Orquestra Experimental de Repertório
18h00 - Alma De Borracha (1986) - Beto Guedes

Largo do Arouche
Palco especial para os fãs da música romântica dançarem juntinhos no Largo do Arouche.
19h30 - Benito Di Paula
21h30 - Luís Ayrão
23h30 - Wando
01h30 - Reginaldo Rossi
03h30 - Beto Barbosa
05h30 - Wanderley Andrade
07h30 - Bartô Galeno
09h30 - Jane e Herondy
11h30 - Silvio Brito
13h30 - Odair José
15h30 - Wanderley Cardoso

Praça da República
O palco dedicado ao rock, na praça da República, traz surpresas e atrações especiais. Merecem destaque Ike Willis, legendário cantor do grupo de Frank Zappa, e a aparição do original Camisa de Vênus.
19h20 - Fruto Proibido (1975) - Tutti-frutti
20h50 - O Som Nosso De Cada Dia
22h40 - Joelho De Porco
00h10 - Camisa De Vênus
02h10 - Velhas Virgens
04h00 - Los Goiales All Stars
05h20 - MQN
06h50 - Matanza
08h30 - Vanguart
10h10 - Cpm 22
12h00 - Nação Zumbi
14h00 - Nasi
15h50 - Sitar Hendrix
17h20 - Ike Willis E A Central Scrutinizer Band

Estaçãop da Luz
A 5ª edição da Virada Cultural homenageia um dos maiores ícones do rock nacional: Raul Seixas. Vinte anos após a sua morte, 19 bandas se reunirão na Avenida Cásper Líbero para integrar o Palco Toca Raul, dedicado às composições do artista em seus 20 anos de carreira. Os músicos envolvidos farão um grande passeio pela carreira de Raul, tocando todos os álbuns na íntegra. O primeiro show começa às 18h do sábado com a banda Os Panteras tocando as músicas do álbum Raulzito e os Panteras, de 1968. A última atração acontece às 18h do domingo com Marcelo Nova & Os Panteras interpretando o último álbum de Raul, A Panela do Diabo.
18h15 - Raulzito E Os Panteras (1968) - Os Panteras
19h30 - Vida E Obra De Johnny Mccartney (1971) - Leno Azevedo e Envergadura Moral
20h45 - Os 24 Maiores Sucessos Da Era Do Rock (1973) - Gaspa e Os Alquimistas
22h00 - Sociedade Da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão Das 10 (1971) - Edy Star
23h15 - Krig-Ha, Bandolo! (1973) - Nasi
00h30 - Gita (1974) - Cesar Di
01h45 - Novo Aeon (1975) - Caverna Guitar Band
03h00 - Há Dez Mil Anos Atrás (1976) - Macarrão e Banda Alternativa
04h15 - Raul Rock Seixas (1977) - Alex Valenzi e The Hideaway Cats
05h30 - O Dia Em Que A Terra Parou (1977) - Angelo Tavares & Banda Krig-ha!
06h45 - Mata Virgem (1978) - Raiz Quadrada
08h00 - Por Quem Os Sinos Dobram (1979) - Mou e Tábula Rasa
09h15 - Abre-Te Sésamo (1980) - Velhas Virgens
10h30 - Raul Seixas (1983) - Darlan Moreira
11h45 - Metrô Linha 743 (1984) - Raul Seixas Band
13h00 - Let Me Sing My Rock And Roll (1985) - Agnaldo Araújo
14h15 - Uah-Bap-Lu-Bap-Lah-Béin-Bum!!! (1987) - Rick Ferreira
15h30 - A Pedra Do Gênesis (1988) - Viúva Negra
16h45 - A Panela Do Diabo (1989) - Marcelo Nova e Os Panteras
18h00 - Jam Seixas

Praça Dom José Gaspar
Originado na Virada, o projeto Piano na Praça se repete em sábados alternados durante o ano, com um grande piano montado, solitário, no meio da belíssima praça da biblioteca, para concertos solo de pianistas consagrados e emergentes.
19h00 - Duo Lumina
21h00 - Duo Gis Branco
23h00 - Vitor Gonçalves
01h00 - Lulinha Alencar
03h00 - Pepe Cisneros
05h00 - Edinho Santana
07h00 - Beto Betrami
09h00 - Leandro Cabral
11h00 - Beba Zanettini
13h00 - Rafael Vernet
15h00 - Délia Fischer
17h00 - Mário Moita

Largo de Santa Efigênia
Palco dedicado a uma amostra significativa dos novos talentos musicais da cidade de São Paulo
18h30 - Anelis Assumpção
20h30 - Iara Rennó
22h30 - Lívia Nestrovski
00h00 - Danilo Moraes
01h50 - Curumim
03h40 - Rockers Control
05h30 - Dj Tudo
07h20 - Os Pamonheiros
09h00 - Banda Cayana
10h40 - Leo Cavalcanti
12h20 - Marcelo Jeneci
15h40 - Bárbara Rodrix, Dani Black E Pedro Altério
17h20 - Comadre Fulozinha

Rua Conselheiro Crispiniano
Palco dedicado à nova música instrumental paulistana e convidados estrangeiros. Jazz, groove, choro, ska e temas variados executados por jovens virtuoses.
19h10 - Choro Das Três
20h50 - George Petit
22h50 - Daniel Latorre Hammond Trio
00h50 - Menage
02h30 - Macaco Bong
04h10 - Freegideira
06h00 - Charles M Trio
07h40 - Roto Roots
09h20 - Alessandro Penezzi
11h20 - Danilo Brito
13h20 - Gabriel Grossi
15h20 - Kleztory
17h20 - Ricardo Herz

Avenida Rio Branco
O palco se dedica ao movimento samba-rock madrugada adentro, e no domingo apresenta gafieiras e mais grupos dançantes. Nos intervalos dos shows, DJs e bailarinos da cena animam o público.
18h30 - Sandália De Prata
20h30 - Farufyno
23h00 - Trio Mocotó
01h30 - Clube Do Balanço
04h00 - Os Opalas
06h00 - Sambasonics
08h00 - Colomi
09h20 - Balaco
10h50 - Projeto Coisa Fina
12h50 - Juliana Amaral E Gafieira Etc E Tal
14h50 - Gafieira São Paulo
16h50 - Havana Brasil

    Leia tudo sobre: virada cultural 2009

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG