A 2ª Virada Cultural Paulista, que ocorreu em 19 cidades do interior e litoral de São Paulo, promovendo 24 horas de mais de 500 atrações culturais no final de semana, teve público total de cerca de 657 mil pessoas, segundo a Secretaria de Estado da Cultura. A edição passada do evento, em 10 cidades, contou com público de cerca de 200 mil pessoas.

Essa edição do evento teve, pela primeira vez, seu encerramento oficial na cidade de São Paulo, com show no Parque Villa-Lobos. Subiram ao palco artistas como Jair Rodrigues, Roberto Menescal, Toquinho, Alaíde Costa e Fernanda Porto e os grupos Os Cariocas, Demônios da Garoa e a Banda Mantiqueira. O público da atração foi de 15 mil pessoas, segundo administração do parque e Polícia Militar.

A cidade de São Bernardo do Campo, no Grande ABC, foi local onde o público foi mais assíduo: suas atrações tiveram, no total, 112 mil espectadores. O show da banda CPM 22, que se iniciou à 0h20 de ontem, no palco do Paço Municipal de São Bernardo, chegou a contar com público de 40 mil pessoas. Depois de São Bernardo, também tiveram destaque de público da 2ª Virada Paulista as cidades de Araçatuba (78,4 mil pessoas); Sorocaba (30,3 mil); São José dos Campos (43,5 mil); e Araraquara (59,3 mil).

Em Campinas, cerca de 25 mil pessoas compareceram às atrações da Virada. O local mais disputado na cidade foi a Estação Cultura, antiga estação de trem transformada em palco e ponto de encontro, que recebeu música eletrônica do rapper MV Bill e DJ Cyro Neto, entre outros. O guitarrista Edgard Scandura, que veio sozinho sem o Ira, levantou a multidão com sua guitarra envenenada. O cantor Otto trouxe o batuque do mangue beat. No teatro Carlos Gomes, um público de 600 pessoas aplaudiu a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (OSMC).

Em Santos, que teve como público cerca de 14,8 mil pessoas, um dos destaques foi o show de encerramento do jazzista norte-americano John Pizzarelli, músico habituado a freqüentar o Brasil, no Teatro Coliseu. A cidade teve outra atração internacional: a apresentação do guitarrista de jazz americano Kenny Brown, nascido em New Orleans, que ocorreu no sábado, no palco principal.

Além das cidades citadas, integraram a 2ª Virada Cultural Paulista: Assis, Bauru, Caraguatatuba, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e São João da Boa Vista. Já a Virada Cultural de São Paulo, que teve sua 4ª edição realizada entre os dias 26 e 27 de abril, contou com público estimado em 4 milhões de pessoas.

Leia mais sobre: Virada Cultural

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.