A violência registrada no Rio de Janeiro desde a madrugada deste sábado arranhou a imagem da cidade, que há duas semanas foi eleita para sediar os jogos olímpicos de 2016. As principais agências de notícias internacionais divulgaram para todo o mundo informações e as imagens da queda de um helicóptero da Polícia Militar, que atingido por tiros de traficantes, explodiu após um pouso forçado.

Em seu site, o jornal americano "The New York Times" mencionou que a queda do helicóptero ocorreu apenas a oito quilômetros de distância de uma das regiões onde acontecerão os jogos de 2016. O "Washington Post" destacou a falta de segurança no Rio e disse que este foi um dos piores atos de violência dos últimos tempos.

Os britânicos "The Guardian" e "Telegraph" reforçaram a quantidade de favelas existentes na cidade, sendo que a maioria delas é controlada por traficantes e pelo crime organizado. O site do "Telegraph" destacou ainda mais de 6 mil pessoas são mortas por ano no Rio de Janeiro por conta da violência gerada pelo tráfico, das quais 1 mil são policiais.

A violência nos morros cariocas foi destaque até mesmo na rede de notícias "Aljazerra", conhecida internacionalmente por veicular informações de guerras, atentados e ataques terroristas do mundo árabe. Em seu site, a agência também lembrou que os acontecimentos de hoje acorrem poucas semanas após a cidade ter sido escolhida para sediar os jogos olímpicos, superando Tóquio, Chicago e Madri.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.