Vietnã deportará roqueiro Gary Glitter para a Grã-Bretanha

HANOI (Reuters) - O roqueiro britânico Gary Glitter será deportado para a Grã-Bretanha na próxima terça-feira, depois de cumprir uma sentença de 27 meses por molestar duas jovens, disse seu advogado. Glitter, 63, cujo nome verdadeiro é Paul Gadd, foi preso em novembro de 2005 no aeroporto de Ho Chi Minh, ao tentar deixar o país e foi condenado a três anos de prisão depois de um julgamento de um dia, no qual ele se declarou inocente.

Reuters |

A condenação foi suspensa com uma apelação, mas a sentença foi reduzida por três meses. A pena é contada a partir do primeiro dia de prisão, o que significa que ele pode ser solto neste mês.

'Meu cliente tem que pegar um vôo para Londres, sua passagem foi comprada pelas autoridades daqui', disse à Reuters o advogado de Glitter, Le Thanh Kinh, por telefone, falando da cidade de Ho Chi Minh.

'Depois de pousar em Londres, ele está livre para ir aonde quiser', acrescentou.

A mídia estatal informou nesta semana que Glitter está fazendo pequenos trabalhos na prisão na província de Binh Thuan, perto da província costeira de Ba Ria-Bung Tau, onde molestou duas meninas de 11 anos de idade quando morava na vila.

Glitter ficou famoso nos anos 1970 devido a seu cabelo e maquiagem extravagantes, salto alto e as performances no estilo 'glam rock'. Alguns de seus sucessos são 'Rock and Roll (Parts 1 & 2)', 'Do You Wanna Touch Me (Oh Yeah)' e 'I'm the Leader of Gang (I am).'

(Reportagem de Nguyen Nhat Lam)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG