Vídeos flagram agressões a crianças em creche no interior de SP

Ao menos 13 crianças de uma creche em São José do Rio Preto (SP) foram vítimas de agressão e maus tratos praticados por funcionários da instituição.

Matheus Pichonelli, iG São Paulo |

Três professoras foram flagradas pelo circuito interno da creche arrastando, empurrando e repreendendo as crianças. As câmeras foram instaladas em novembro por outros funcionários que denunciaram a conduta das colegas.

As imagens, encaminhadas à polícia pela própria direção da creche, foram analisadas pela Delegacia da Defesa da Mulher de São José do Rio Preto. Ao todo, nove funcionários foram demitidos da instituição ¿ seis deles por omissão e participação indireta.

A denúncia foi feita em dezembro. Outras duas professoras também são suspeitas de agressão.

A creche, administrada por uma ONG, tinha 25 funcionários e atende cerca de 220 crianças.

As vítimas não tinham sinais de hematomas, mas, segundo a delegada Dálice Aparecida Ceron, foram submetidas a "situação vexatória" e constrangimentos.

A delegada disse que espera reunir o laudo feito pela perícia antes do indiciamento das suspeitas. "Ainda é prematuro dizer se elas podem ser presas. Antes, precisamos ouvir as mães e reunir as provas testemunhais", disse.

Segundo a delegada, a direção da instituição ignorava os casos de maus tratos e está auxiliando nas investigações.

"Assim que tomamos conhecimento, a primeira coisa que fizemos foi demitir os funcionários. Todas as medidas foram tomadas e até a Promotoria da Infância e Juventude já declarou que a creche tem tomado todas as providencias", disse o advogado da instituição, Henrique Augusto Dias.

    Leia tudo sobre: criançasviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG