Vídeo online atrai por disponibilidade, indica pesquisa

Uma pesquisa feita pela Media-Screen para o Google, divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo no fim da semana passada, revelou os hábitos dos brasileiros quando o assunto é vídeos online.

Agência Estado |

Foram entrevistadas 506 pessoas que têm o costume de acessar o YouTube, DailyMotion e outros portais de vídeos do gênero. O estudo mostrou que 79% dos consultados veem vídeos online por uma simples razão: “Poder assistir ao que se quer, quando quiser.” Os internautas assistem conteúdo amador (40%) e profissional (40%). Os 20% restantes englobam anúncios de produtos, serviços ou filmes.

Chega a 77% a fatia que acompanha vídeos profissionais de música, como clipes e trechos de shows, enquanto 69% do entrevistados preferem os vídeos amadores de comédia. No grupo de pesquisados, 55% assistem a vídeos na web pelo menos uma vez ao dia. É que para 71%, “sempre há algo novo e inesperado” nos portais de vídeos. A pesquisa também mostrou que 74% dos entrevistados disseram que entram em links sugeridos por amigos. Raspando nesse número, 73% utilizam ferramentas de buscas para encontrar os filmetes. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG