Vice-presidente José Alencar é transferido para quarto

O vice-presidente da República José Alencar foi transferido na manhã deste sádado da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para um quarto, segundo informações do último boletim médico do Hospital Sírio-Libanês.

Redação |

Futura Press
Alencar ao ser internado

José Alencar ao ser internado em SP

Alencar foi submetido a uma cirurgia na quinta-feira que teve como objetivo a desobstrução do intestino e a retirada de dez tumores da região. A operação durou seis horas.

Hoje, ele pode receber a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que voltou na sexta-feira à noite da Itália, onde participou da reunião do G8. A informação havia sido passada ontem pelo assessor do vice-presidente, mas o Palácio do Planalto não confirma.

Evoluindo bem

Segundo informações do hospital, Alencar "está evoluindo de maneira satisfatória, estando bem disposto e acordado".

Na sexta-feira, de acordo com o chefe de gabinete de Alencar, Adriano Silva, o primeiro pedido de Alencar foi que ligassem a televisão para que pudesse ver notícias sobre seu estado de saúde nos jornais. "Se deixasse por conta dele, ele já teria saído da UTI", afirmou. "Ele estava sentado, de pernas cruzadas, e conversava bastante. Ele me cobrou uma série de coisas, principalmente assuntos que estavam na pauta desde ontem", disse Silva.

Luta contra o câncer

Alencar luta contra o câncer há 12 anos. Em 25 de janeiro, o vice-presidente submeteu-se à mais radical intervenção desde a descoberta da doença. Em uma cirurgia de alto risco, com duração de 18 horas, os médicos retiraram tumores do abdome do paciente. Ele ficou 27 dias internado, nove deles na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em 12 de maio, exames de acompanhamento mostraram a volta de tumores na região abdominal. Alencar resolver então submeter-se a um tratamento experimental nos Estados Unidos.

Leia mais sobre: José Alencar

    Leia tudo sobre: alencarinternação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG