Vice-prefeito é preso acusado de fraudar INSS na BA

O vice-prefeito do município baiano de Alcobaça, Ademar Botelho (PSL), foi preso hoje pela Polícia Federal (PF) acusado de participar de um esquema de fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Além dele, a PF cumpriu outros três mandados de prisão, contra dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, localizado a 832 quilômetros ao sul de Salvador, e sete de busca e apreensão, depois de nove meses de investigações.

Agência Estado |

Segundo a corporação, a fraude consistia na falsificação, pelo sindicato, de documentos para a comprovação de vínculos contratuais e exercício de atividade rural inexistente, por meio da produção de contratos de arrendamento, parceria e comodato rural forjados, além de notas de vendas de produtos agrícolas e outros comprovantes falsos. Na cidade, há pelo menos 500 benefícios com suspeita de irregularidade - o que pode significar um desvio mensal de cerca de R$ 200 mil.

Agora, a PF investiga a participação de servidores públicos no esquema. Alegando desconhecer as acusações, integrantes do Executivo municipal não quiseram se pronunciar sobre o caso. O prefeito, Leonardo Brito (PMDB), não foi localizado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG