Viatura da Polícia Civil é incendiada em Peruíbe (SP)

Uma viatura da Polícia Civil foi incendiada dentro do 1º Distrito Policial de Peruíbe, na Baixada Santista, no início da manhã de hoje. A polícia suspeita que o incêndio seja uma retaliação da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Agência Estado |

O incêndio começou às 5 horas após criminosos terem jogado gasolina no veículo Palio Adventure, ano 2006, estacionado na delegacia. Da viatura, o fogo se espalhou para o prédio, destruindo parte do telhado, portas, janelas e documentos arquivados da sala da investigação. O alarme do carro disparou e vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros, que controlou as chamas por volta das 5h30.

O delegado titular do município, Bruno Jacinto de Almeida Junior, acredita que o atentado tenha sido uma retaliação de facções criminosas que atuam nos presídios paulistas. "Na semana passada demos 17 flagrantes de furto, roubo e tráfego de entorpecentes, inclusive teve um traficante bem conhecido na cidade que foi preso pela DISE (Divisão de Investigações sobre Entorpecentes) de Itanhaém", disse o delegado, lembrando que o 1º DP de Peruíbe foi metralhado durante os atentados do PCC que aconteceram em todo o Estado em maio de 2006.

"Na sexta-feira cumprimos oito mandatos de busca relacionados ao tráfico. Com certeza estamos incomodando", explicou Almeida Junior, completando que a investigação para identificar a autoria do incêndio começará com a checagem de todas as pessoas relacionadas nos mandatos cumpridos na semana passada.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG