Viana e Garibaldi reagem à eventual candidatura de Sarney

BRASÍLIA (Reuters) - Os senadores Tião Viana (PT-AC) e Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) reagiram nesta terça-feira a uma possível candidatura de José Sarney (PMDB-AP) à presidência do Senado. Atualmente, Viana e Garibaldi são os únicos dois senadores que já fazem campanhas públicas para a eleição, marcada para o dia 2 de fevereiro. Nos últimos dias, no entanto, cresceram os rumores de que Sarney, que vinha negando ser candidato, poderá participar do pleito.

Reuters |

No fim do ano passado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reforçou a campanha de Viana depois de ouvir de Sarney que o peemedebista não pretendia se candidatar. Lula poderá rever sua posição se o ex-presidente da República e do Senado lhe disser nos próximos dias que mudou de idéia.

"Não é justo que se subtraia a candidatura de algum senador em favor de interesses ocultos. É melhor negociar à luz do dia", criticou Tião Viana em entrevista a jornalistas. "A minha candidatura vai até o fim", assegurou.

Viana disse compreender o interesse do Executivo pela eleição no Senado, mas condenou uma eventual interferência do Palácio do Planalto. "A fronteira é preservar a autonomia entre os poderes", destacou.

O petista também rechaçou os rumores de que poderia desistir da disputa para se tornar o próximo ministro da Saúde. "Não estou à procura de emprego", afirmou, acrescentando que o seu partido não lhe pedirá que abandone a eleição. "O PT não vai me pedir isso."

Garibaldi, que tenta se reeleger, também endureceu o discurso. Na segunda-feira, o presidente do Senado havia dito que, se a bancada do PMDB pedisse, poderia renunciar à candidatura em favor de Sarney.

"Somos candidatos até o fim. Não vai prevalecer nenhuma manobra", afirmou a jornalistas.

Garibaldi disse ainda que, se tiver que sair da disputa por conta de uma demanda dos colegas de bancada, será contra a sua vontade. "Vai ser um ato de força, e não consensual", enfatizou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG