O térreo do Ministério da Agricultura foi ocupado na manhã desta segunda-feira por integrantes da Via Campesina. Os elevadores do prédio ficaram parados e os funcionários só tinham acesso aos andares pela garagem.

Mulheres da Via Campesina também invadiram na manhã desta segunda-feira uma fazenda no Rio Grande do Sul. Cerca de 700 mulheres entraram na Fazenda Ana Paula, da Votorantim Celulose e Papel, em Candiota, na zona sul do Rio Grande do Sul.

Conforme nota distribuída pela organização, a manifestação faz parte da Jornada Nacional de Luta das Mulheres da Via Campesina e denuncia o avanço da monocultura de eucaliptos na região. Ao chegar ao local, o grupo cortou plantas da espécie que a empresa está cultivando no terreno. As mulheres ainda não indicaram se pretendem permanecer na fazenda ou se sairão dela nas próximas horas.

Leia mais sobre Via Campesina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.