Veto a motos na 23 de Maio é adiado para julho

A Secretaria Municipal dos Transportes (SMT) vai adiar por cerca de um mês e meio o início da proibição para as motos na Avenida 23 de Maio. Na quarta-feira, o secretário Alexandre de Moraes anunciou que a medida entraria em vigor entre 30 e 45 dias após a inauguração da motofaixa da Rua Vergueiro, prevista para abril.

Agência Estado |

O novo prazo de adaptação passou a ser de 90 dias e foi anunciado ontem.

A secretaria, no entanto, manteve o cronograma para a proibição das motos na pista expressa da Marginal do Tietê. A medida vai entrar em vigor assim que forem inauguradas as novas pistas da via, previstas para entre os dias 27 e 29 deste mês, segundo os governos municipal e estadual.

"Realizamos uma reunião a pedido do presidente do sindicato (dos motoboys) para explicar essa nova regulamentação, que estava sendo mal entendida pela categoria", disse o secretário. "Nós não vamos proibir as motos em toda a Marginal, somente na pista expressa. E, após a inauguração da nova pista, os motociclistas vão ter as mesmas sete faixas que têm hoje."

A secretaria promete publicar uma cartilha para orientar os motociclistas sobre a mudança na circulação desses veículos na Avenida 23 de Maio, uma das principais vias do corredor norte-sul. A proibição será no trecho entre o antigo prédio do Detran e o Vale do Anhangabaú. O objetivo da SMT é incentivar esses usuários a usar a motofaixa da Rua Vergueiro, cujo trajeto será entre o Parque do Ibirapuera e a Praça João Mendes, no centro da cidade. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG