Vestibular da Unesp muda e terá duas fases

Os candidatos a uma vaga na Universidade Estadual Paulista (Unesp) terão de enfrentar, a partir deste ano, um vestibular com duas fases. Além disso, os aprovados para a 2ª fase terão de responder a questões dissertativas de todas as disciplinas.

Agência Estado |

Outra novidade é que o resultado do Enem terá mais peso na nota final - de 4% para 10% da nota nos cursos em que não há prova de habilidades.

A mudança, antecipada com exclusividade pelo jornal O Estado S. Paulo no início do mês, foi aprovada ontem pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da instituição. A única alteração em relação à proposta original é que, em vez de a 2ª fase ser realizada em apenas um dia, será realizada em dois, totalizando três dias de provas. A diretora acadêmica da Fundação Vunesp, Tânia Azevedo, explica que o objetivo é aproximar a prova da realidade do ensino médio, cujo conteúdo é determinado pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s).

As questões deixarão de ser divididas por matéria, valorizando a interdisciplinaridade, e serão organizadas em três eixos: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências da natureza, matemática e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias. O vestibular da Universidade de São Paulo também pode mudar a partir deste ano. A proposta, em discussão no Conselho de Graduação da instituição, prevê que as provas da 2ª fase tenham questões de todas as disciplinas e que a nota da 1ª fase não seja considerada na nota final. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG