RIO DE JANEIRO ¿ O exame de qualificação para o vestibular da UERJ foi realizado sem incidentes na manhã deste domingo. Os alunos que ocupam a reitoria da universidade desde a última quarta-feira não atrapalharam a realização da prova e se limitaram a entregar panfletos informando as razões do movimento.

De acordo com a diretoria da universidade, o esquema de segurança não precisou ser reforçado. Policiais militares ficaram do lado de fora do campus acompanhando o movimento, mas não foi registrado nenhum incidente.

Os manifestantes reivindicam a garantia dos 6% do orçamento líquido do Estado para a UERJ como prevê a constituição estadual, início imediato das obras do bandejão universitário,  integração dos diferentes campus por meio de ônibus gratuito, creche universitária  e garantia da admissão de professores concursados. Cerca de 100 alunos participam do movimento.

O porta-voz do grupo, Rafael Tristão, acusa a reitoria e o governo do Estado de não estarem dispostos a negociar. A gente tem até sentado para conversar, mas até agora não houve nada de concreto que demonstrasse que seremos atendidos, disse.

Uma nova reunião foi marcada para esta segunda-feira com a reitoria e, na quarta-feira, o grupo se reunirá com o Secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso.

Veja também:

Leia mais sobre: UERJ

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.