Vereadores pressionam por mais vagas em Câmaras

Não são apenas os prefeitos que lotam os hotéis de Brasília em busca de boas notícias. Enquanto os chefes municipais recebiam um pacote de bondades do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vereadores de todo País iniciaram hoje um encontro nacional que terá como um dos temas centrais a mobilização pela aprovação da conturbada emenda à Constituição que aumenta em 7.

Agência Estado |

343 o número de vagas nas câmaras municipais, chegando a 59.267.

"Não é justo falar em aumento do número de vereadores, mas em recomposição, porque o Tribunal Superior Eleitoral havia diminuído o total. Hoje um município de 3 mil habitantes tem nove vereadores e o de 90 mil habitantes, 10 vereadores. A representação está desequilibrada", disse hoje o presidente da União dos Vereadores do Brasil (UVB), Bento Batista (PTB), do município de Juranda (PR).

Batista calcula que entre 500 e 600 vereadores vão participar do encontro, realizado no Hotel Nacional. Cada vereador pagou R$ 200 pela inscrição e, segundo Bento Batista, na maior parte dos casos as câmaras municipais vão arcar com gastos de transporte e hospedagem. O presidente da UVB disse que a data foi escolhida para coincidir com a presença dos prefeitos em Brasília.

Os vereadores também pretendem conversar com senadores sobre a votação de uma parte da emenda constitucional que foi desmembrada do texto original e que vai determinar as regras para repasses das receitas municipais às câmaras de vereadores. "Temos que encontrar uma saída para não reduzir tanto os recursos a ponto de algumas câmaras se tornarem inoperantes", disse Batista.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG