Vereadores discutem sobre aumento de vagas nas Câmaras Municipais

BRASÍLIA - Um grupo de vereadores discutiu no salão azul do Senado Federal na tarde desta quinta-feira, por divergirem sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que aumenta o número de vagas nas Câmaras Municipais, em tramitação no Congresso Nacional. A confusão começou quando um dos vereadores, Ivan Duarte (PT-RS), de Pelotas, se manifestou contra a proposta. Ele acabou hostilizado pelos demais políticos favoráveis ao projeto.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Segundo Duarte, a proposta deveria ter sido aprovada antes das eleições municipais de outubro e não agora. Ao ouvirem a declaração do colega, alguns vereadores se exaltaram e chamaram Duarte de marajá e capacho de prefeito.

Com o dedo em riste, o vereador Gonçalves (DEM-GO), do Novo Gama, disse que Duarte era favorável à PEC e deixou de ser apenas por ter sido reeleito. Em resposta à acusação, Ivan Duarte afirmou: eu só acho que não pode ser depois das eleições. A população da minha cidade votou em 15 vereadores e não em 23.

Chamada PEC dos Vereadores, a proposta aumenta de 51.748 para 59.791 o número de vagas nas Câmaras Municipais de todo o País. Se for aprovada pelo Senado ainda este ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terá de decidir se os suplentes eleitos no pleito de outubro poderão assumir as vagas em 1º de janeiro. 

A PEC já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e está pronta para votação no plenário do Senado. Porém, os líderes partidários não chegaram a um acordo sobre a pauta de votações, uma vez que a oposição é contra o projeto que cria o Fundo Soberano do Brasil, um tema prioritário para o governo.

Antes de iniciar a votação dos projetos, os senadores precisarão ainda destrancar a pauta, emperrada pela MP 443, editada pelo governo para permitir que o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal possam comprar instituições financeiras atingidas pela crise.

Leia mais sobre: PEC dos Vereadores

    Leia tudo sobre: pecpec dos vereadores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG