Vereador presidirá Câmara de São Paulo pela 4ª vez

O vereador Antonio Carlos Rodrigues (PR) foi reeleito hoje presidente da Câmara Municipal de São Paulo com 53 de 55 votos. Será o quarto mandato do parlamentar na presidência, fato inédito na Casa.

Agência Estado |

A Câmara paulistana é o maior Legislativo municipal do País. Seu orçamento deve girar em torno de R$ 400 milhões em 2010.

Em seu discurso após a apuração dos resultados, Rodrigues disse não pensar "em recordes", referindo-se ao quarto mandato, com duração de um ano. "Penso em continuar trabalhando para a Câmara e marcar este Legislativo como o maior da América Latina."

O presidente reeleito da Câmara é alvo de processos judiciais nos quais é acusado de ter cometido improbidade administrativa quando era presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), em 1992. Rodrigues também recebeu, nas últimas eleições, segundo o Ministério Público Eleitoral, doação ilegal de R$ 240 mil da Associação Imobiliária Brasileira (AIB), entidade que atuaria como fachada da defesa dos interesses do mercado imobiliário.

Na mais recente denúncia, divulgada na semana passada, ele é suspeito, segundo a Polícia Federal (PF), de ter recebido propina para aprovar a liberação de uma obra junto ao Departamento do Patrimônio Histórico da Prefeitura. Rodrigues nega todas as acusações.

O vereador Dalton Silvano (PSDB) foi eleito 1º vice-presidente; Celso Jatene (PTB) ficou como 2º vice-presidente; Chico Macena (PT) foi escolhido como 1º secretário e Milton Leite (DEM), 2º secretário. Os vereadores Francisco Chagas (PT) e Claudinho (PSDB) foram escolhidos como 1º e 2º suplentes, respectivamente. O vereador Wadih Mutran (PP) foi escolhido corregedor.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG