Veja o perfil dos parlamentares no Projeto Excelências" / Veja o perfil dos parlamentares no Projeto Excelências" /

Verbas ¿indenizatórias¿ custam à Câmara de São Paulo mais de R$ 500 mil por mês

São Paulo - Os 55 vereadores paulistanos apresentaram nos últimos 15 meses despesas reembolsáveis que somam R$ 7,5 milhões, de acordo com dados apresentados pela Câmara de São Paulo e organizados pelo projeto Excelências, da Transparência Brasil. Na média mensal, o montante chega a R$ 506 mil. http://www.excelencias.org.br/@resumo_verbas.php target=_topVeja o perfil dos parlamentares no Projeto Excelências

Redação |

Acordo Ortográfico As verbas ditas indenizatórias são um estipêndio mensal a que cada vereador tem direito, alegadamente para custear atividades parlamentares. Ao apresentar comprovação das despesas, o parlamentar é reembolsado.

Os dados indicam ainda que mais de metade dos R$ 7,5 milhões gastos (R$ 4,4 milhões) pela Câmara Municipal paulistana em indenizações entre agosto de 2007 e outubro de 2008 está no grupo Consultorias/Divulgação.

Segundo o projeto, a Câmara já conta com diversos servidores o que poderia tornar dispensável a contratação de consultores. No que diz respeito à Divulgação, a Casa tem uma boa estrutura de Comunicação (conta até com uma TV), que já divulga as atividades dos vereadores.

Abaixo, a lista dos 27 vereadores que mais embolsaram recursos públicos por meio das verbas indenizatórias. Todos os 27 acrescentaram a seus salários o montante médio de R$ 10 mil em cada um dos últimos 15 meses.

Os três maiores gastadores Edivaldo Estima, Myryam Athie e Beto Custódio não continuarão na Câmara em 2009.

tabela

    Leia tudo sobre: câmara de sp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG