Ventos de até 107 km/h derrubam torres de energia no Paraná

Serviço de reconstrução torres do sistema de Furnas continua nesta sexta-feira

AE |

selo

Os fortes ventos de até 107 quilômetros por hora que atingiram nesta quinta-feira várias regiões do Paraná provocaram a queda de três torres do sistema de Furnas, que leva energia de Itaipu para o Sul e Sudeste do País, no município de Tupãssi, no oeste do Estado, por volta das 5 horas da manhã.

Um sistema auxiliar foi acionado, o que evitou interrupções no fornecimento de energia. Cada torre pesa cerca de 10 toneladas. O serviço de reconstrução continua nesta sexta-feira. 

Em Marilena, às margens do Rio Paraná, no noroeste do Estado, os ventos viraram uma embarcação, onde três pessoas pescavam. Duas conseguiram chegar à margem, mas o delegado aposentado Luiz Carlos Azevedo permanecia desaparecido até a noite desta quinta.

Os ventos também destelharam pelo menos 110 casas e derrubaram dezenas de árvores em vários municípios, mas a Defesa Civil não tinha registrado nenhum ferido nesses acidentes.

    Leia tudo sobre: paranátorresventos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG