O vendedor de balas em ônibus L.A.

L., de 32 anos, foi preso em Brasília por policiais militares, acusado de pedofilia. Ele foi preso na última quarta-feira, mas a informação sobre a prisão só foi divulgada depois. Segundo a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), contra ele constam sete mandados de prisão, em razão de abusos e violência sexual praticados contra crianças.

Durante a coletiva de apresentação do suspeito, o acusado narrou detalhes sobre os delitos praticados e confessou a autoria dos crimes. L.A.L. disse que pratica tais delitos desde que foi abusado sexualmente, ainda quando criança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.