Vendaval danifica mais de 300 casas na serra gaúcha

Segundo a Defesa Civil Estadual, os ventos chegaram a 124 km/h e deixaram 11 pessoas feridas

iG São Paulo |

Um forte vendaval, por volta das 21h de quinta-feira, destruiu casas e provocou a queda de placas, árvores e postes na cidade de Canela, na serra gaúcha. Em menos de um minuto, ventos de 124 km/h danificaram cerca de 300 casas, segundo balanço da Defesa Civil Municipal. Três prédios públicos também tiveram estragos.

De acordo com a Prefeitura da cidade, duas fábricas de móveis foram completamente destruídas. Os bairros de São José, Quinta da Serra, Santa Terezinha, Vila Maggi, Vila do Cedro, Santa Marta e Leodoro de Azevedo foram os que mais registraram danos por conta do vento e da chuva. Em Santa Terezinha a Escola Municipal de Ensino Fundamental foi destelhada.

Além disso, segundo a Defesa Civil, 250 árvores de grande porte - como araucárias, ciprestes e sequoias - foram arrancadas. Apesar da fúria do vendaval, o balanço do órgão aponta que não houve vítimas graves. Onze pessoas tiveram ferimentos leves, como escoriações, e foram atendidas no hospital local. Ninguém precisou ser internado.

nullSegundo a Rio Grande Energia (RGE), cerca de três mil moradores ficaram sem energia elétrica. As equipes continuam os trabalhos de reparação da fiação e a previsão é que até as 22h desta quinta-feira o restabelecimento esteja normalizado.

Há pelo menos 10 pessoas desabrigadas em Canela - aquelas que tiveram a casa destruída e precisam de abrigos públicos - e outras 60 desalojadas - que estão temporariamente na casa de parentes e amigos.

O prefeito do município, Constantino Orsolin (PMDB), se reuniu com secretários do Estado, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros na manhã desta quinta-feira e afirmou que foi criada uma uma frente de trabalho de emergência para auxiliar os atingidos pela ventania.  “Estamos fazendo tudo de forma muito rápida para não haver interferência no turismo, que representa 60% da economia do município", afirmou. Constantino garantiu também que determinou o aluguel de casas para as famílias que estão desabrigadas.

Gramado

A cidade de Gramado também foi atingida por fortes ventos na noite de quarta-feira, mas, conforme a Prefeitura, os estragos foram menores que os registrados em Canela. Não há feridos e os danos foram somente materiais.

O bairro de Carniel, de classe média, foi o mais atingido, onde o Corpo de Bombeiros recebeu 12 chamadas de moradores assustados com o vendaval e relatando quedas de árvores. A Prefeitura afirma que equipes da administração municipal estão na rua contabilizando os prejuízos e fornecendo telhas e lonas para os moradores.

Veja a previsão do tempo para a sua cidade

 *Com informações da Agência Brasil

    Leia tudo sobre: vendavalrio grande do sulcanelagramadoventos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG