Veja os vídeos do caso dos militares que entregaram jovens em favela no Rio

RIO DE JANEIRO - Marcos Paulo da Silva, de 17 anos, Wellington Gonzaga Costa, 19, e David Wilson Florença da Silva, 24, moradores do Morro da Providência, na Zona Portuária do Rio, teriam sido entregues no último sábado e mortos, menos de 12 horas depois, por traficantes do Morro da Mineira, no Catumbi. Em depoimento ao titular da 4ª Delegacia de Polícia, delegado Ricardo Dominguez, alguns dos suspeitos teriam confessado o crime.

Redação |

Os jovens foram detidos pelos militares às 7h30 do sábado, quando voltavam de táxi de um baile funk, por desacato. Porém, o comandante da tropa determinou que eles fossem liberados após serem ouvidos.

Testemunhas afirmam que os rapazes ficaram sob o poder dos militares até as 11h30 e depois foram entregues a traficantes de uma facção rival a do Morro da Providência, onde os rapazes moravam, no Morro da Mineira, onde foram executados. Há denúncias de que as vítimas teriam sido vendidas por R$ 60 mil.

O fato repercutiu nos jornais de todo o mundo. Segundo o jornal argentino Páginna/12, os moradores das favelas do Rio não sabem "se devem ter mais medo dos criminosos civis ou dos uniformizados". Veja alguns vídeos sobre o caso.

Ministro sobe morro e pede perdão a familiares de jovens mortos no Rio

Veja o vídeo com as informações do caso e as primeiras providências da Polícia

Moradores da favela no Rio entraram em conflito com o Exército

Os militares explicaram sua presença no morro da Providência

Leia mais sobre: violência no Rio

    Leia tudo sobre: militares

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG