Vazamento de óleo mata 2 mil pingüins em Santa Catarina

FLORIANÓPOLIS - A Polícia Ambiental de Florianópolis informou que 2 mil pingüins já morreram na cidade de Florianópolis devido a um vazamento de óleo nas praias da cidade. Outros 160 animais estão sendo tratados no que deve ser o maior desastre do tipo desde 1998, quando houve um derramamento de navio petroleiro, segundo a polícia.

Redação |

Futura Press
futura press
Óleo coloca pingüins em risco
É provável que a mancha de óleo seja de uma embarcação, mas isto ainda não foi comprovado. A Capitania dos Portos e a Marinha fazem buscas pelo litoral catarinense. Existe ainda a possibilidade de a mancha estar se deslocando para a região sul de Santa Catarina, já que os casos começaram no norte da ilha de Florianópolis, mas já foram registrados dez casos no sul.

Quando em contato com o óleo, o pingüim perde a impermeabilidade e não pode mais se aquecer e, por isso, o derramamento seria tão prejudicial, de acordo com a polícia.

Quem encontrar um pingüim deve ligar para os responsáveis ou colocar ele dentro de uma caixa de papelão e encaminhar ao prédio da polícia.

Leia mais sobre: vazamento de óleo

    Leia tudo sobre: santa catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG