Valdir Raupp perde no julgamento, mas STF adia decisão

BRASÍLIA - O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou nesta sexta-feira a decisão de abrir um processo criminal contra o senador Valdir Raupp (PMDB-RO), quando o resultado do placar desfavorável ao congressista estava para ser proclamado na corte. Depois que todos os ministros já tinham votado, e o placar indicava a abertura da ação por 6 votos a 5, a ala derrotada no julgamento, tentou, sem sucesso, convencer um dos 6 favoráveis à abertura do processo a mudar o voto.

Agência Estado |

A reversão de apenas um voto levaria a denúncia para o arquivo. Como nenhum desses ministros se dispôs a modificar sua opinião, um impasse foi instalado.

O próprio relator, Joaquim Barbosa, então, pediu o adiamento do julgamento, mas avisou que parte das acusações contra Raupp prescreverá na próxima semana. O STF entrou em recesso ontem e somente voltará a se reunir para sessões de julgamento em fevereiro.

Raupp foi denunciado pelo Ministério Público Federal por suspeita de envolvimento com crime contra o sistema financeiro nacional na época em que era governador de Rondônia (1995 a 1999). De acordo com a denúncia, teria ocorrido desvio de verbas de um convênio firmado com o Banco Mundial. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre: Valdir Raupp

    Leia tudo sobre: senadosenadoresstf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG