Subiu para 587 o número de pessoas que tiveram de sair de suas casas por causa das fortes chuvas do último domingo em Santa Catarina. Segundo a Defesa Civil, são 196 pessoas desabrigadas (que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos) e outras 391 desalojadas (que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares).

Três municípios - Bocaina do Sul, Balneário Camboriú e Ponte Alta - decretaram situação de emergência. Os municípios de Praia Grande, no extremo sul do Estado, e Otacílio Costa, no planalto serrano, foram os últimos municípios a informarem à Defesa Civil, ontem, a existência de 30 desalojados e 90 desabrigados, respectivamente.

A Defesa Civil já registrou ocorrências em 16 municípios, sendo dois tornados: um em Turvo, no sul do Estado, e outro em Ponte Alta, na serra catarinense.

Os municípios com problemas que notificaram a Defesa Civil são: Alfredo Wagner, Botuverá, Itajaí, Brusque, Camboriú, Balneário Camboriú, Florianópolis, Praia Grande, Ituporanga, Criciúma, Rio do Sul, Turvo, Ponte Alta, Bocaina do Sul, Porto Belo e Otacílio Costa.

O alerta de chuvas fortes será mantido até quinta-feira devido à previsão de chuva intensa, principalmente entre o planalto e o litoral catarinense. Há riscos de alagamentos e deslizamentos no litoral e Vale do Itajaí.

Leia mais sobre chuvas em Santa Catarina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.