Vai a 31 o total de presos em ação contra tráfico no RS

Subiu para 31 o número de pessoas presas hoje pela Polícia Federal (PF) em 12 cidades do Rio Grande do Sul acusadas de tráfico de drogas e contrabando. A operação, denominada Vanguarda, mobilizou 184 policiais federais, que contaram com apoio de 45 policiais civis, 60 policiais militares e 12 servidores da Receita Federal.

Agência Estado |

Apenas três dos 34 mandados de prisões temporárias e preventivas expedidos pela Justiça não foram cumpridos. Desde o início da investigação, em janeiro, outras 36 pessoas já haviam sido presas.

Os traficantes detidos eram ligados a cinco grupos diferentes. Três eram de traficantes internacionais e um de criminosos nacionais do tráfico. O quinto dedicava-se ao contrabando de mercadorias como pneus, farinha de trigo, gasolina, cerveja e munições. Em comum, todos operavam em áreas geográficas semelhantes.

As cargas ilícitas atravessavam o rio Uruguai, na fronteira da Argentina com o noroeste do Rio Grande do Sul, usando barcos e atracadouros clandestinos. Parte da droga e das mercadorias era distribuída no noroeste gaúcho, em cidades como Alecrim, Santa Rosa, Ijuí, São Luiz Gonzaga, Três de Maio, Santo Cristo e Seberi, onde foram presas 21 pessoas, e outra parte seguia para o Vale do Rio dos Sinos, na região metropolitana de Porto Alegre, onde foram presas mais cinco suspeitos.

Segundo o delegado Santos Juliano Zorzan, ao longo das investigações foram apreendidos 823 quilos de maconha e 47 quilos de cocaína. Um levantamento da PF também indica a apreensão, no mesmo período, de três motocicletas, 13 automóveis, dois caminhões, uma carga de pneus e duas toneladas de farinha.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG