O governo registrou hoje mais três casos suspeitos de gripe suína - Influenza A (H1N1) - no Brasil. De 25 casos registrados ontem, o número aumentou para 28, presentes em dez Estados e no Distrito Federal, segundo boletim divulgado hoje pelo Ministério da Saúde.

Outros 28 casos estão em monitoramento em 20 Estados e 73 foram descartados.

Os casos suspeitos estão em São Paulo (12), Minas Gerais (3), Distrito Federal (2), Rio de Janeiro (2), Santa Catarina (2), Tocantins (2), Goiás (1), Mato Grosso do Sul (1), Paraíba (1), Pernambuco (1) e Rondônia (1). A nota do ministério esclarece que desde sexta-feira o Gabinete Permanente de Emergências alterou a definição de "caso suspeito" e "em monitoramento" da gripe suína para ampliar a vigilância da circulação do vírus.

Pelas novas regras, passaram a ser consideradas suspeitas de ter a doença pessoas provenientes de países com confirmação de casos, que apresentem os sintomas da enfermidade ou que tenham tido contato próximo com pessoas infectadas. Estão em monitoramento pessoas que estiverem com sintomas compatíveis com o quadro suspeito da doença e que sejam provenientes de países não afetados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.