Subiu para 24 o total de presos acusados de falsificação de documentos de habilitação e fraudes na regularização de veículos no Departamento de Trânsito (Detran) do Ceará, na ação da Polícia Rodoviária Federal durante a Operação Lótus. A operação contou com cerca de 150 agentes da PRF de oito Estados e do Distrito Federal, que ainda cumpriram 31 mandados de busca e apreensão em residências, estabelecimentos comerciais e na sede do Detran.

Foram apreendidos grande quantidade de documentos oficiais em branco (Carteiras de Motorista, Licenciamento Anual, Autos de Vistoria), computadores, armas, agendas, placas de veículos, lacres, além dólares, euros e reais ainda não contabilizados. Também foram encontradas ferramentas para adulteração de chassis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.