Subiu para 18 o total de pessoas, entre elas diversos empresários, que foram presas hoje durante a Operação Boi Branco, da Polícia Federal, acusadas de trafico de entorpecentes e lavagem de dinheiro obtido com o crime. O esquema, que a PF apura ter movimentado aproximadamente R$ 7 milhões, começou com o acompanhamento de um traficante flagrado com cocaína no interior de São Paulo em junho do ano passado.

Além dos empresários, também fazia parte da quadrilha um policial civil, preso em agosto deste ano quando transportava cerca de 3 kg de cocaína da cidade de Cáceres para Rondonópolis, em Mato Grosso. Na ação de hoje, policiais cumpriram 26 mandados de busca e apreensão e promoveram as prisões em três Estados: Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.