Vacinação contra pólio é adiada por causa da gripe suína

O Ministério da Saúde anunciou hoje que adiou a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite do dia 22 de agosto para 19 de setembro. De acordo com a pasta, a decisão foi tomada para evitar uma sobrecarga ainda maior nos serviços de atenção básica em razão da procura em decorrência da pandemia de Influenza A (H1N1).

Agência Estado |

A decisão atende a um pedido feito pelas secretarias de Saúde dos Estados afetados pela gripe suína. O ministério informou ainda que nenhuma criança corre o risco de ser contaminada pela poliomielite por conta do adiamento da campanha.

O ministério prevê que, com o fim do inverno no País, ocorra uma queda no total de casos da gripe suína, liberando os esforços para a segunda etapa da campanha de vacinação. De acordo com a pasta, as crianças que têm de tomar a dose de reforço devem esperar até o dia 19 de setembro. Mas as que precisam tomar a dose de rotina devem procurar os postos de saúde na data indicada no cartão de vacinação.

A meta da segunda fase é atingir cerca de 14,7 milhões de crianças, 95% das menores de cinco anos. Estarão disponíveis 115 mil postos de vacinação em todo o País. De acordo com o ministério, a primeira etapa foi realizada em 20 de junho e atingiu 95,7% do público alvo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), não há circulação do vírus da poliomielite no Brasil nem em toda a América Latina. Mesmo assim, afirmou o Ministério da Saúde, é importante vacinar as crianças para "garantir que o vírus da pólio continue eliminado".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG