O líder do PT na Câmara, Cândido Vacarezza (SP), disse há pouco que o governo não aceita retirar o pedido de urgência para a tramitação dos quatro projetos que definem o marco regulatório do pré-sal. Há pouco, os líderes do PPS, DEM e PSDB decidiram obstruir as votações até que o governo desista da urgência.

"Respeito a posição da oposição. Não é a primeira vez e nem será a última (que a oposição decide obstruir). Mas vamos votar", afirmou Vacarezza. Até o momento, os quatro projetos não chegaram à mesa diretora da Câmara.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.