Usuários do antiinflamatório Prexige podem pedir reembolso

SÃO PAULO ¿ Os usuários do antiinflamatório Prexige, que teve o registro cancelado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (22), poderão pedir reembolso do valor pago pelo remédio a partir de sexta-feira. Em nota oficial, a fabricante Novartis informou que os pacientes devem procurar uma farmácia (portando a caixa do medicamento, contendo pelo menos um comprimido fechado) e solicitar o reembolso do valor (preço máximo ao consumidor).

Redação |

O reembolso ocorrerá tanto para Prexige 100mg, a versão do medicamento que teve o registro cancelado, quanto para a apresentação de 400mg, suspensa por 90 dias pela Anvisa. Os usuários podem dirigir-se a qualquer farmácia. Não é necessário nota fiscal, nem solicitar o reembolso na mesma unidade onde o medicamento foi comprado.

Segundo a Anvisa, a proibição do antiinflamatório foi motivada pelas incertezas a respeito da segurança hepática do medicamento e acompanha as decisões dos principais cenários regulatórios internacionais. A recomendação aos usuários é suspender imediatamente o medicamento e procurar o médico responsável para que seja indicado outro produto para o tratamento.

O Prexige, segundo antiinflamatório mais vendido no País, era prescrito para o alívio de dores e problemas de artrite.

Quem tiver dúvidas pode ligar no telefone 0800 888 3003, disponibilizado pela empresa em seu site.

Leia mais sobre: antiinflamatórios , medicamentos suspensos

    Leia tudo sobre: anvisamedicamentosprexigeremédiosaúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG