USP cria instituto de psiquiatria para crianças e adolescentes

A Universidade de São Paulo (USP) criou o Instituto Nacional de Psiquiatria do Desenvolvimento para Crianças e Adolescentes, coordenado pelo professor Eurípedes Constantino Miguel, da Faculdade de Medicina (FMUSP). O objetivo do instituto será de prevenir o aparecimento de doenças mentais em adultos a partir de ações dirigidas à infância e adolescência, segundo informações da Agência USP.

Agência Estado |

Segundo Miguel, a iniciativa é pioneira pois traz uma nova abordagem para a área de psiquiatria do desenvolvimento. Entre os transtornos mentais envolvidos no projeto estão: transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), transtorno de conduta, transtorno de ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo, transtorno do humor bipolar, autismo e transtorno de aprendizagem, entre outras. São ao todo 16 projetos de pesquisa, envolvendo 70 pesquisadores.

Além do Instituto de Psiquiatria (IPq) da FMUSP, também estão envolvidas as Universidades Federais: de São Paulo (Unifesp), do Rio Grande do Sul (UFRGS), da Bahia (UFBA), de Pernambuco (UFPE), do Rio de Janeiro (UFRJ), a Universidade Presbiteriana Mackenzie, a Federal de Santa Maria, a Universidade Metodista (Rio Grande do Sul), e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Centros de pesquisa internacionais, como as universidades de Yale, Harvard, Duke, de Nova York também colaborarão com os pesquisadores brasileiros.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG