Uso de gado é uma forma já identificada de lavagem de dinheiro, afirma secretário

BRASÍLIA ¿ O Secretário Nacional de Justiça, Tuma Júnior, confirmou nesta sexta-feira que o uso de gado é uma modalidade utilizada para realização de lavagem de dinheiro e já identificada por grupos operacionais que tratam deste assunto.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

O Secretário evitou comentar a reportagem do jornal Folha de S. Paulo, que afirma que o novo relatório da Polícia Federal sobre Daniel Dantas aponta a agropecuária como peça central na suposta lavagem de dinheiro, mas afirmou que a Secretaria tem estudado formas de buscar mecanismos de regulação neste setor para que se possa evitar que estas novas tipologias sejam usadas.

Existe alguns estudos que tratam sobre as diversas tipologias sobre lavagem de dinheiro, onde a gente localiza o futebol. Essa questão de terras e gado também são modalidades encontradas. Sem entrar no mérito [do caso Dantas] porque são coisas que não têm como mensurar a questão de terra de gado, mas é como o futebol, o clube fala que contratou alguém por 30 milhões de euros, e não tem como você questionar, acrescentou Tuma.

O secretário explicou que ainda não há parâmetros para se identificar o valor de compra e venda de um boi. Não tem parâmetro se um boi pesa tanto e outro [pesa] menos. Você compra o boi pelo preço que achar e paga o quanto você fala que pagou, mas é obvio que não vamos detalhar para ensinar a eles como fazem, mas é realmente uma área que nós temos estudado, disse ele.

Tuma enfatizou ainda que o caso de Daniel Dantas não é de responsabilidade da Secretaria Nacional de Justiça, mas que há uma cooperação e colaboração no sentido se buscar bloqueios.

Este não é um caso [referente a Dantas] da Secretaria. Nós temos algumas ações conjuntas com o Ministério Público em conjunto com o DRCI (Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional) e Polícia Federal no combate de várias organizações e criminosos, mas quero ressaltar:  É um inquérito que nós não conhecemos, apenas fazemos a colaboração e a cooperação no sentido de se buscar bloqueios, acrescentou.

Veja também

Leia mais sobre: Lavagem de dinheiro

    Leia tudo sobre: daniel dantaspolícia federalsatiagraha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG