BRASÍLIA, 5 de maio (Reuters) - A utilização da capacidade instalada (UCI) na indústria brasileira subiu a 82,6 por cento em março, frente a 81,1 por cento em fevereiro, acompanhando a intensificação da atividade, mostraram dados da Confederação Nacional da Indústria nesta quarta-feira.

Na comparação com março de 2009, quando a economia estava desaquecida em meio à crise global, a UCI subiu 3,8 pontos.

" /

BRASÍLIA, 5 de maio (Reuters) - A utilização da capacidade instalada (UCI) na indústria brasileira subiu a 82,6 por cento em março, frente a 81,1 por cento em fevereiro, acompanhando a intensificação da atividade, mostraram dados da Confederação Nacional da Indústria nesta quarta-feira.

Na comparação com março de 2009, quando a economia estava desaquecida em meio à crise global, a UCI subiu 3,8 pontos.

" /

Uso da capacidade na indústria cresce a 82,6% em março

BRASÍLIA, 5 de maio (Reuters) - A utilização da capacidade instalada (UCI) na indústria brasileira subiu a 82,6 por cento em março, frente a 81,1 por cento em fevereiro, acompanhando a intensificação da atividade, mostraram dados da Confederação Nacional da Indústria nesta quarta-feira.

Na comparação com março de 2009, quando a economia estava desaquecida em meio à crise global, a UCI subiu 3,8 pontos.

Reuters |

BRASÍLIA, 5 de maio (Reuters) - A utilização da capacidade instalada (UCI) na indústria brasileira subiu a 82,6 por cento em março, frente a 81,1 por cento em fevereiro, acompanhando a intensificação da atividade, mostraram dados da Confederação Nacional da Indústria nesta quarta-feira.

Na comparação com março de 2009, quando a economia estava desaquecida em meio à crise global, a UCI subiu 3,8 pontos.

"Apesar do crescimento, o indicador de março ainda se encontra 0,6 ponto percentual inferior ao registrado no período pré-crise", ponderou a CNI em nota, em referência aos 83,2 por cento de UCI registrado em setembro de 2008.

O faturamento real da indústria cresceu 4,3 por cento em março ante fevereiro e superou os níveis pré-crise. "O faturamento em março de 2010 já se encontra 5,8 por cento acima do nível de setembro de 2008", disse a CNI.

(Reportagem de Isabel Versiani)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG