O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, viajou neste domingo para uma visita oficial de dois dias no Brasil. Durante a estada, Uribe se reunirá com seu colega, Luiz Inácio Lula da Silva, apontado por ele como um dos líderes para o processo de integração na região.

Antes da viagem, Uribe concedeu entrevista coletiva em Cartagena, na costa caribenha do norte do país. Ele apontou que a Colômbia tem um forte déficit com o Brasil. "É preciso compensá-lo pela via dos investimentos do Brasil na Colômbia", defendeu.

Uribe fará contatos com empresários brasileiros durante a visita. Na segunda-feira, participa de almoço com empresários em São Paulo e, pela tarde, terá encontro com empresários de diversos setores na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O presidente apontou que Lula liderou o processo para integração da Comunidade Andina de Nações (CAN) com o Mercado Comum do Sul (Mercosul). "Há uma agenda bilateral de grande importância", completou.

Uribe e Lula se encontram na terça-feira, no Palácio do Planalto, em Brasília. Uribe também terá reuniões no Congresso e no Supremo Tribunal Federal (STF). Na segunda-feira, ele se encontra ainda com o governador de São Paulo, José Serra.

Os ministros de Relações Exteriores, Jaime Bermúdez, do Comércio, Luis Guillermo Plata, e também empresários colombianos integram a comitiva na viagem. Este será o nono encontro oficial de trabalho entre Uribe e Lula.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.