A morte de Michael Jackson não foi decorrente de crime, afirmou há pouco um porta-voz do Instituto Médico Legal de Los Angeles durante a autopsia no corpo do rei do pop, com resultados finais a serem divulgados dentro de quatro a seis semanas.

tq/chl/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.