Universitários enfrentam a PM na zona oeste de São Paulo

Um confronto entre policiais militares e estudantes universitários no final da noite de sexta-feira terminou com uma pessoa ferida e outra detida próximo ao campus da Universidade Nove de Julho (Uninove), na Barra Funda, zona oeste de São Paulo.

Agência Estado |

Para comemorar o fim do ano letivo, os estudantes, muitos deles desde as 18h30 de sexta-feira, começaram a se reunir nos bares da região. Por volta das 23h45, partes da Avenida Francisco Matarazzo e da Rua Tagipuru estavam tomadas pelos universitários.

Policiais militares da 2ª Companhia do 23º Batalhão foram acionados por moradores e motoristas que tentavam entrar em casa ou trafegar pelas vias próximas ao campus da Uninove, localizado na Avenida Doutor Adolfo Pinto.

Apresentando comportamento alterado pela ingestão de bebida alcoólica, segundo a polícia, alguns estudantes se recusaram a desobstruir as vias ocupadas, dando início a um confronto com os policiais, que tiveram de pedir reforço da Força Tática.

Segundo um dos estudantes, que não quis se identificar, os policiais chegaram a usar balas de borracha para dispersar os grupos. "Tinha muita gente lá. Chegamos a fechar a Avenida Francisco Matarazzo", relatou o estudante.

Ferido na cabeça, sem gravidade, por um tiro de borracha, um estudante de 24 anos foi encaminhado pelos bombeiros para a Santa Casa. Um soldado da Aeronáutica, que estava entre os estudantes, teria desacatado a PM e foi detido. Até a madrugada de hoje, o boletim de ocorrência não havia sido iniciado na delegacia de Perdizes (23º DP), segundo a Polícia Civil.

Leia mais sobre confronto

    Leia tudo sobre: confronto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG