Unger nega divergência e lamenta saída de Marina

Desafeto mais recente da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, o ministro da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Roberto Mangabeira Unger, disse hoje que jamais teve qualquer divergência com a colega de Esplanada. A assessoria de Unger informou que o ministro disse lamentar a saída do governo da senadora petista.

Agência Estado |

Segundo Unger, "nada abalará o compromisso do governo Lula e do Brasil com o desenvolvimento sustentável da Amazônia, que se confunde como próprio engrandecimento do País".

Apesar de até o momento não terem sido divulgadas as causas do pedido de demissão da ministra Marina Silva, feito hoje, fonte da área do meio ambiente comentou que um dos motivos que podem ter levado Marina a decidir sair foi o fato de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter destinado a Mangabeira Unger a coordenação do Plano Amazônia Sustentável (PAS). O programa foi lançado oficialmente no último dia 8, no Palácio do Planalto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG