representação ampla na política externa - Brasil - iG" /

Unger defende representação ampla na política externa

O ministro de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, afirma que sua missão na área da política externa é cuidar da estratégia de defesa tanto do ponto de vista das relações bilaterais quanto do ponto de vista interno. Por isso é que tem viajado para vários países.

Agência Estado |

“É preciso uma representação mais ampla nos organismos internacionais de defesa, principalmente por parte dos países emergentes”, afirmou.

Ao mesmo tempo, ele tem feito estudos sobre a agricultura familiar dos países em desenvolvimento. Considera que a Índia e a China têm e terão problemas de produção de alimentos porque, ao contrário do Brasil, nunca construíram uma agricultura familiar forte. “No México, a agricultura familiar foi destroçada por causa do acordo do Nafta (Acordo de Livre Comércio da América do Norte).”

Como no Brasil o setor é forte, ele acha que esse tipo de agricultura é estratégica para o desenvolvimento do País. “Temos de trabalhar para transformá-la numa vibrante classe média.” Procurado, o assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, não quis falar sobre sua atuação no campo diplomático. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG