Unesco lança Observatório Mundial para combater pirataria

Paris, 22 abr (EFE).- A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) criou um Observatório Mundial de Luta contra a Pirataria, uma plataforma gratuita na rede que reúne as legislações de propriedade intelectual de cada país membro da organização, informou hoje a entidade.

EFE |

Por ocasião da celebração nesta sexta-feira do Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, a Unesco apresentou esta iniciativa que, além das políticas e as medidas de luta contra a pirataria, inclui as últimas notícias, os eventos relacionados ao assunto, assim como material de sensibilização.

"Não é possível obter desenvolvimento do livro se não for respeitado o direito de autor", afirmou Irina Bokova, diretora geral da Unesco, em comunicado.

Nesse sentido, "o Observatório preenche o vazio informativo existente", completou Petya Totcharova, responsável pela organização da plataforma.

Coincidindo também com o Dia do Livro, a Unesco lembra que amanhã a cidade eslovena de Liubliana substituirá Beirute (Líbano) como a Capital Mundial do Livro.

Para o meio-dia está previsto que o prefeito, Zoran Jankovic, marque o início das festividades hasteando a bandeira na Prefeitura da cidade, ato que dá início a 300 eventos durante o mandato de Liubliana.

O júri elegeu à capital eslovena "pela qualidade de sua candidatura, assim como pela variedade e o caráter de seu programa", detalha o comunicado da Unesco.

Buenos Aires é a próxima Capital Mundial do Livro, a partir de 2011. EFE mas/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG