Unesco elogia governos por luta contra o doping

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) celebrou nesta quarta, ao lado da Agência Mundial Antidoping (Wada - sigla em inglês), elogiou o empenho dos governos nacionais na luta contra o uso de drogas no esporte. O diretor diretor-geral da Unesco, Koichiro Matsuura, comemorou a ratificação de mais de 100 países à Convenção Antidoping, criada há quase dois anos.

Agência Estado |

"É um passo importante na luta mundial contra o doping do esporte."

O diretor geral da Wada - sigla em inglês, David Howman, reforçou o discurso. "A Wada agradece aos governos que demonstraram a força para lutar contra a praga do doping", disse Howman. "Todavia nos falta muito. (O doping) é muito fácil em muitos países porque não há leis suficientemente estritas. Vamos melhorar a luta através da legislação."

O acordo original foi criado em outubro de 2005 na assembléia geral da Unesco em Paris e prevê ajuda aos países para evitar o tráfico de drogas de doping e a criação de um programa nacional antidoping.

Originalmente ele necessitava de pelo menos 30 países para que começasse a funcionar, mas em julho de 2006, somente 14 países o haviam ratificado. Em fevereiro de 2007 ele entrou em vigor e em outubro deste ano o Paraguai foi o centésimo país a ratificá-lo. O país mais recente a adotar a Convenção foi Uganda, em 27 de outubro. O Brasil foi o 75º a ratificar o acordo, em 18 de dezembro de 2007.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG